quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Indo às compras


Odeio gente burra.
O-DE-IO gente burra. Principalmente gente burra com dinheiro. Gente que não sabe gastar. Que vive com a corda no pescoço, mas que quer aparecer que tem grana.
Daí que hoje eu fui fazer compras com as amigas. Seria um programa ótimo, se não estívessemos todas sem grana, né? Mas enfim, duas dessas amigas, não iriam comprar nada específico, queriam andar e ver o que agradava. E fomos ao Brás, o paraíso das compras! Daí que uma delas vira e fala "não compro nada sem experimentar". Tipos, sou só eu que compro roupa SABENDO que vai caber? Sou só eu ou tem gente fresca que não sabe o quanto veste?
Fiquei revoltada quando ela voltou e disse que havia comprado uma calça de 50 reais num lugar onde, pro tamanho dela, ela acharia até de 12 reais. "Ah, mas ela pode experimentar". Aham, ela também pode ir trocar se não servir. "Ah, mas dá trabalho". Aham, mas é melhor do que gastar CINQUENTA PILA numa coisa que você poderia ter gasto bem menos. E com a mesma qualidade.
Sinceramente, quero mandar pro inferno esse povo burro. E fresco.
E vocês?

3 comentários:

Leandro Correa disse...

aushuahsuhaush;

também odeio gente que gasta átoa.
que queimem todos no inferno!

ps: meu irmão só gasta dinheiro com jogos para play station

Agrilla Bass disse...

eu nao entendo pessoas que ganham 400 e gastam 800 por mês, fazendo carnê das casas bahia. mas eu tb não compro sem provar, pq isso de tamanho não existe, cada lugar tem um diferente, e eu realmente não consigo analisar o que me serve, só de olhar.

yokutxa disse...

As vezes dá mesmo uma vontade de fazer algo muito mau a pessoa que gasta porque quer ou pode ou sei lá...as vezes eu nem ligo e fico na minha para não tomar uma atitude estúpida...todo mundo diz que eu sou "avarenta" porque economizo o dinheiro para o que realmente preciso, nem ligo, sei que quando precisar vou ter e eles não, ficam gastando atoa!